1 de abril de 2011

tempo

eu gosto da ideia da inexistencia do tempo.
pois as coisas acontecem, aconteceram e acontecerão.
apenas desdobramos.
tudo é simultâneo.

e não passa de um chiste.

Um comentário:

bibi.gil disse...

a armadilha de não perceber, no enquanto, as coisas acontecendo... shit!